terça-feira, 6 de setembro de 2011

Bjsnãomeliga: Sem pretensão

Bjsnãomeliga: Sem pretensão
Sem pretensão
Que tipo de homem é você?Fumando na varanda do seu apartamentoCom um copo de bebida barata comprada no supermercadoE um bloquinho de notas no colo, fazendo seus apontamentos sobre a vidaSem camisa, corpo liso, seria aquilo uma tatuagem?Alargadores na orelha. Ou é só um?Que atitude é essa sua tão despretensiosa?Essa barba por fazer, aparência suja que tanto atraiHá tanto em seu silêncio que me toma barulhentoO barulho da sua tragada, o ruído da fumaça ganhando o céuSeus pés encontram a cadeira e um sorriso toma-lhe a faceAcredito que você acabou de ter alguma boa ideiaRabisca em seu papel palavras sem correlação.Há um jeito seu que foge do nexo. Você não faz muito sentidoE nessas metáforas incongruentes é que eu encontro meu fascínio por vocêUm tipo de homem que não segue regras e, as que segue, quebra.Você deveria arrumar esse cabelo embaraçadoParece que não vê uma escova há semanasEmbora pareçam limpos, brilhantes e sedososLivres, como a fumaça que dança ao sair da sua boca rosadaSe eu pudesse subir até o andar que você moraEu te agarraria e não deixaria sobrar nenhum segundo de vocêPorque você mente sobre seus antepassados,Mas seus olhos puxados entregam suas histórias fascínoras em um brindeE cada vez que você respira assim, apenas de bermuda azulDescalço e lindo do jeito que é, uma parte de mim ganha vidaE cada vez que eu lembro que você vive neste andar que nunca chegareiUma parte de mim morre. E a morta é a parte passional, lógico.Afinal, só sendo muito racional para não me apaixonar por você.

(Anderson Fernandes)

0 comentários: